Archive for the ‘filmes, livros e discos’ Category

Sr. Tumnus

24fev16

talvez meu guarda-chuva não sirva pra quando chover, e talvez eu esteja apaixonado pela forma como você me chama. você vai achar graça na minha barba mal feita e eu vou te achar linda enquanto abre um sorriso quem saber se eu te falar que cada vez que você se vai, passa bem mais de […]


Presta atenção. Existem algumas coisas que a gente consegue aprender quando os outros dizem. Você pode aprender boas maneiras, pode saber como se comportar ou qual garfo usar. Mas algumas coisas você só vai aprender depois de muito bater de frente. É como escrever um poema, não existem receitas, você pode até ter aulas sobre métricas […]


Oii, eu sou o Danilo e vou contar sobre o show mais bonito da vida! Sim, amigos, sábado em Bauru eu fui assistir A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE!!! E vou contar: foi lindo pra cacete! O twodee – companheiro de banda e da vida – foi comigo, junto também com a belezinha da Carol. (: […]


SIRENS

08jan14

‘hear the sirens (ouça as sirenes) hear the sirens (ouça as sirenes) hear the sirens (ouça as sirenes) hear the circus so profound (ouça o circo tão profundo) i hear the sirens more and more in this here town (eu ouço as sirenes mais e mais nesta cidade) let me catch my breath (me deixe recuperar […]


RAIMUNDOS

15nov13

Ei! (: Oi, eu sou o Danilo e vim contar sobre o show foda pra caralho do Raimundos! Começou na segunda, eu acho, o Two Dee tava maluco pra voltar no jack pub e desde o show do dance of days, a gente procurava sempre algum show que desse certo de ir. Primeiro planejamos pro […]


Maná

10nov13

‘Ê, maná Hoje o ponto é pra cura de amor Ê, maná, ô, má Hoje a dança te quebra o feitiço Deixa a porta bater Deixa o vento levar Quem não desce a ribeira Não chega no mar O amor é coragem É feitiço da sorte Mas o ponto mais forte É saber se amar […]


DANCE OF DAYS

15set13

Depois de ter sido acordado por um lagarto dentro da minha casa – sim, isso é de verdade, a mayzinha me acordou porque um lagarto de uns 3 metros (juro!) tinha entrado na sala e ficamos uns 40 minutos até conseguir tirar ele da sala – resolvi que era hora de me dar por acordado […]