Archive for the ‘ela é bailarina mãe’ Category

Remos

18nov16

descansar à beira o sol indo embora contigo, se pondo por entre as ondas do seu cabelo. te esperar à beira, os dedos soltam os remos e te aguardar se faz minha âncora. jogo garrafa no mar, queimo minhas roupas, faço sinal para teu radar e digo, afirmo que te todas as ilhas, só quero […]


assistir televisão demais  pode matar um pouco da gente, deve ser por isso que às vezes me sinto tão fora de mim, quanto um astronauta. pelo menos me disseram  que é só do alto que a gente consegue ver tudo, então eu tenho procurado alguns padrões para saber o que fazer. os buracos nos sapatos […]


Ainda bem

26set16

disse que era como borboleta que entendia de horas dentro de si mesma se embolando no escuro, pintando as cores de todas flores que ainda estava por pousar, como se ela já soubesse de tudo que iria acontecer e já pudesse me contar, já sabia que seria assim desde a primeira vez que me viu […]


como se fosse possível falar de outra coisa, como se, por qualquer insanidade minha, eu tivesse esquecido as formas surrealistas que habitam dentro do seu olho, como se eu pudesse escolher não sorrir perto de você, percebe a bobagem? é quase como se eu não sentisse a sua falta quando você deixa me chamar, ou […]


Dobrava as mãos e colocava diante dos olhos como uma luneta, apontava assim pra algum horizonte qualquer, encontrando sentido nas formas geométricas que o sol fazia pacientemente de prédio em prédio. Guardava um segredo ou dois sobre ela. O primeiro tinha a ver com os sons da cidade, que corriam ao seu redor de forma […]


oii, Mariana

09jul16

Esse texto é mais ou menos como uma carta aberta para a Mariana. Que está fazendo mais ou menos 253 anos hoje, sempre me perco na contagem. Desejem coisas bonitas pra ela. Mandem pensamentos legais e presentes e chocolates. E, mais do que tudo, a lembrem o quanto ela tem sorte por ter o Danzinho […]


posso dizer que ela é só dela e ai de quem tentar dizer que não, porque ela é sim dona do próprio nariz dançando até o sol nascer ou dormindo até o meio da tarde. ela é meio daquelas doidas dos signos, daquelas que às vezes conta calorias também, daquelas que canta em voz alta […]