Archive for the ‘e isso leva seu nome (e o meu)’ Category

Remos

18nov16

descansar à beira o sol indo embora contigo, se pondo por entre as ondas do seu cabelo. te esperar à beira, os dedos soltam os remos e te aguardar se faz minha âncora. jogo garrafa no mar, queimo minhas roupas, faço sinal para teu radar e digo, afirmo que te todas as ilhas, só quero […]


abraço seu

25out16

o céu cinza acorda antes de nós dois, você espreguiça um pouco e diz que hoje não, me deixa, hoje nem quero levantar – entre um sorriso e os olhos quase abertos, a chuva têm sua própria forma de dizer bom dia. e eu quero te contar, na verdade tenho muito pra te dizer, umas […]


arranha-céu

28jun16

as tonalidades do vento se misturam com a cor do seu cabelo e bagunçam as cores do seu moletom, desenham dentro do seu quarto toda a bagunça que vem de lá de fora e você escolhe seu melhor sapato só pra se sentir você mesma outra vez. o mundo todo amanhece mais tarde e a […]


eu grito

15jun16

parece que as horas se congelaram em papel fazendo um amontoado de fotografias encostadas no canto do quarto embaixo da escrivaninha do telefone, enquanto você enrola o dedo no fio vermelho esperando não mais pacientemente até alguém ligar. acho que era meio de junho, parece que o vento tinha bagunçado todas as minhas folhas do […]


Os personagens dançam pela minha cabeça pedem por outra linha, pelo final ou por pelo menos mais um capítulo,  fazem coro com os livros nem começados, com as músicas que eu nunca gravei. Sempre tive medo de me tornar uma daquelas pessoas que podiam muito mais do que realmente fizeram, quase como se fosse um […]


Mas liga mesmo

19out15

Liga pra ela e fala que tá tudo assim já faz um tempo Liga e logo depois diz que ouviu uma música boa Liga de madrugada quando ela não conseguir dormir Liga cedo assim que ela acordar, pra falar bom dia Liga quando tiver vontade, Liga quando tiver saudade Liga porque a distância nem funciona […]


ao redor

16set15

desenhei um mundo aonde o sol sempre se põe em tons de vermelho mesmo que chova o dia todo, quando chegar no fim da tarde, as nuvens vão dar espaço para sua cor favorita pintar o céu inteiro. nesse mesmo mundo, vai ser permitido dormir até a hora que bem entender e as pessoas boas só […]