Baleia

04jan17

fiz sinal pro táxi que vinha subindo a rua,
perguntou pra onde eu ia,
eu disse pra ele tocar em frente que eu ia dizer a hora de virar.
acho que eu só precisava de uma cidade cheia,
de um pouco de chuva na janela,
de algumas luzes confundido minha cabeça.
esse ano não contei sete ondas, nem fiz promessa alguma
só deixei amanhecer na sua respiração
e vi de perto as cores do seu cabelo enrolado. 
fogos de artifício e faróis vermelhos,
o táxi cruza a cidade se desviando dos outros carros
e são pessoas e guarda-chuvas
e motos e lojas começando fechar
e as nuvens no céu fazem barulho e gritam
como uma baleia que se levanta do mar para respirar.

Anúncios


No Responses Yet to “Baleia”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: