As coisas tortas jogam poker até de madrugada e ficam esperando a gente pegar no sono pra fazer barulho dentro de casa

26dez16

elas fizeram uma bagunça danada. 
encheram a sala com fumaça de cigarro
e cantaram músicas bregas
usando o violão que fica embaixo da cama.
escreveram frases nas paredes
e se esconderam debaixo do meu cobertor.

até que eu desisti de tentar colocar ordem nas coisas.

então tentei escrever algumas coisas,
só pra ter toda certeza sobre elas
mas percebi que só não tinha nenhuma dúvida sobre você.

mesmo quando tenho medo de te chamar de minha,
não é por maldade ou por não te querer,
mas quando a bagunça por aqui aumenta,
costumo me esconder do mundo e até de mim…
e, por descuido, acabei te amando pra sempre. 
foi um descuido, uma bobagem, 
daquelas coisas que a vó diz pra gente tomar cuidado
e que não se repita,
mas que quando tomam o peito,
a gente até respira melhor quando a terra começa a tremer.

você veio como um terremoto, 
e nem adiantou esconder debaixo da mesa.
mas agora as coisas tortas estão até tirando os livros da ordem
e fazendo uma barulheira danada,
como se estivessem te procurando tanto, tanto
tanto quanto eu costumo te procurar.

Anúncios


No Responses Yet to “As coisas tortas jogam poker até de madrugada e ficam esperando a gente pegar no sono pra fazer barulho dentro de casa”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: