Archive for dezembro, 2016

céu pra anoitecer passos que não chegam nunca das vezes que te liguei sem querer das luzes que não apagaram e se você passar por aqui com estrelas presas no cabelo você vai fazer verão com vento nos pés e uma péssima primeira dança e quatro horas falando ao telefone sem parar ao mesmo tempo […]


elas fizeram uma bagunça danada.  encheram a sala com fumaça de cigarro e cantaram músicas bregas usando o violão que fica embaixo da cama. escreveram frases nas paredes e se esconderam debaixo do meu cobertor. até que eu desisti de tentar colocar ordem nas coisas. então tentei escrever algumas coisas, só pra ter toda certeza […]


embaixo da mesa

20dez16

tô te esperando sentado na sala tô contando as horas pelo meu respirar parece que todos as semanas são o mesmo dia como se eu nem tivesse dormido nem sonhado, nem comido, nem bebido tô roendo as unhas e toda minha calma tô olhando o telefone esperando ele tocar e se você me amasse essa […]


palco

15dez16

como se seus passos um a um fizessem rastro na luz quente, e eu quase pudesse ver suas cores, quando seus olhos se acostumassem e sem querer, me procurassem, e eu estivesse por ali, com flores por entre os dedos. como se você sorrisse ao me ver e ali de baixo, entre tanta gente, eu […]


Não converse com estranhos, nem se eles forem legais mas às vezes acho que me sinto tão sozinho que os estranhos dizem uns aos outros para não falarem comigo. Nós já sabemos que não consigo escrever um poema direito, porque as palavras são como garotas, ficam entediadas e fogem principalmente quando percebem que vejo filmes […]


tive dor de cabeça na semana passada, faltou energia, faltou dinheiro pra pagar conta tive vontade de correr sem parar tive medo de que fosse morrer sem te ver outra vez. faltou você me ligar antes de dormir faltou sua voz perguntando da minha semana. tive que me segurar pra não te beijar assim que te […]


Casa vazia

01dez16

éramos em pelo menos 30 ou 40 pessoas. Sentadas no mesmo lugar, tentando passar mais depressa. Tentando chegar em casa mais cedo, pra ligar a televisão e deixar o volume baixinho na  sala, só pra casa não parecer vazia, enquanto a comida esquenta na panela e os sapatos doem ainda mais no pé antes de […]