conquistar o mundo

06out16

de longe ouvia os sinos
que badalavam no mesmo ritmo do tambor.
parece que acordei nessa hora
antes mesmo do sol ficar mais alto do que o muro de casa,
antes mesmo de alguém me contar quem eu deveria ser nessa semana.

guardei algumas coisas pra te contar,
uns rostos novos que eu conheci 
uma história boa de ouvir,
alguma piada que vou acabar estragando o final,
uns abraços que me fizeram bem
e um lugar legal na rua, que achei pra gente conversar.

ouvi dizer por aí, que a gente vai deixando partes nossas,
algo como um pedaço, em cada lugar que a gente sorriu,
fiquei pensando no quanto me despedaço
toda vez que te vejo.
quantas partes de mim não deve ter por aí?
e se você juntasse tudo e me deixasse em suas mãos?

é como lentamente começar a ter o controle de quem eu sou,
manter a cabeça no lugar, rascunhar alguns planos,
conquistar o mundo, abrir os braços ao te ver
e, vagarosamente, assim,
saber qualquer coisa sobre mim.

Anúncios


No Responses Yet to “conquistar o mundo”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: