que todas as coisas bonitas e incríveis não se sintam ofendidas

26jul16

isso faz parte daquelas coisas que a gente não conta para os amigos
com medo de que elas não sejam de verdade,
mas que acontecem como um sopro
um brisa de verão tardia
estampada na minha fotografia favorita
aonde você me olha
e eu torço pra que aquele olhar fosse só meu mesmo,
que você me enxergue através do papel
e que todas as coisas bonitas e incríveis não se sintam ofendidas
mas você é maior que todas elas,
e eu te diria isso,
enquanto olho para meus pés
e torço pra que não tenha nada de estranho em mim
mas eu nem gosto desse lugar e nem gosto de toda essa gente
e eu queria estar em casa, mas eu também queria tanto te ver
e eu nem gosto tanto assim dessa música
mas eu gosto tanto de você
que me pego gostando até das coisas que a gente não tem nada a ver.

Anúncios


No Responses Yet to “que todas as coisas bonitas e incríveis não se sintam ofendidas”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: