oii, Mariana

09jul16

Esse texto é mais ou menos como uma carta aberta para a Mariana. Que está fazendo mais ou menos 253 anos hoje, sempre me perco na contagem. Desejem coisas bonitas pra ela. Mandem pensamentos legais e presentes e chocolates. E, mais do que tudo, a lembrem o quanto ela tem sorte por ter o Danzinho (eu) na vida dela.

A Cecília nasceu.
Quando você me falou isso, que ela tinha nascido justo hoje, percebi que eu deveria mudar todo o meu discurso. Porque é bem bonito imaginar que uma das pessoinhas que vai ter todo o seu amor pro resto da vida escolheu nascer bem no mesmo dia que você. É como se ela soubesse que hoje o dia tá lindo, que o céu tá azul, que é um dia importante pra você.

Então, a Cecília nasceu. Você vai ser madrinha.
Você completou 20 anos. Ela completou algumas horinhas bonitas de vida.
Quando eu penso sobre isso, automaticamente eu perco qualquer coisa que eu pudesse te falar. Não adianta eu tentar inventar teorias ou buscar algum sentido para as coisas, todos os meus livros e poemas vão falhar e não vão chegar nem perto de todo o amor incondicional que deve estar vindo de dentro de você.

É engraçado como essas coisas funcionam. É engraçado como o amor funciona.
Você é toda feita de amor. Da cabeça aos pés. Mesmo que não goste de admitir tanto assim e faça sua cara de brava e não dê o braço a torcer. Mas você nunca me enganou. Da mesma forma que eu sei que você é cabeçuda e esquecida das coisas, sei que tem tanto amor ai dentro que não existe nada que você não faça com todo o coração. E por mais que você seja tão mais forte que eu (em vários sentidos), de vez em quando você é tão princesa, que tenho vontade de te abraçar e proteger para que nada nadinha te aconteça.
Queria pode fazer isso agora. Deixar esse aniversário como o mais bonito e incrível de todos, porque é o que você merece. Mas tô sabendo que tá uma droguinha. Então, quando você sentar pra abrir meu blog e encontrar isso aqui, espero que eu te faça sorrir, um sorriso bem bonito, daqueles que iluminam os dias mais nublados e que você pense coisas doces, que passe pela sua cabeça alguma música bonita e que tenha alguma coisa bem gostosa pra comer ai por perto.

Então, olá, Mariana. 
Eu queria mesmo falar que eu descobri seu segredo. Você nasceu há 20 anos e ainda brilha tanto. Ficou óbvio para mim, depois de um tempo, que na verdade você é uma estrela. Indo através do tempo e do espaço para, muito mais do que apenas iluminar, inspirar poemas, canções, apontar o caminho, espantar a escuridão. 
Acho que essa é a maior utilidade da minha vida: ficar escrevendo umas coisas enquanto te admiro brilhar por aí.
Você é minha estrela. Como um ponto de paz no meio da tempestade. 
Desejo que você continue brilhando sempre, seja lá qual for o caminho que escolher pra sua vida, que ande por ele com cabeça erguida e orgulho de ser exatamente quem você é. Desejo que você sempre saiba que não tem problema errar milhares de vezes, desejo também que se lembre de sempre ter paciência, os dois pézinhos no chão. Desejo que a vida seja boa, que você nunca nunquinha pare de dançar, seja bailarina, seja cheerleader, seja pagodeira no domingo à tarde na laje – e agora você vai pensar que não era na laje e você já sabe que pra mim não faz muita diferença.
Você é minha pessoa favorita nesse mundo (não que eu goste de muita gente), você é minha cabeça de minhoca, minha nutricionista particular, minha amiga, minha dinossaura, meu amô. 
Eu te desejo o mundo agora.Todo ele. Só pra você. Que a gente nunca pare de rir da vida e de nossos desencontros, que sempre tenha mais uma música do Camelinho pra gente cantar. E que sempre tenha só mais uma horinha pelo menos pra gente se ver, uma última partida de poker, essa última música, esse beijo antes de ir… E que entre todas as últimas coisas, a gente nunca pare de falar tanto, adoro isso, adoro essa nossa coisa de se escutar. 
Saiba que sou apaixonadinho por todas as pequenas manias e bobagens que te fazem ser essa Mariana. Não mudaria nada. Hm, talvez menos topeira de vez em quando, mas tirando isso, tá ótimo ❤ ❤
Antes que você canse de ler, que esse negócio já tá grande, espero mesmo que você seja tão feliz quanto ninguém jamais foi. Que eu amo você. E é só isso. Dentre todas as palavras infinitas que eu posso tentar procurar dentro de mim, ao final, tudo isso, é só sobre o quanto eu sou absurda e absolutamente apaixonado por você.

Feliz aniversário, Dona Mariana.
Todo amor do mundo pra você. A Cecília já tem a melhor madrinha do universo.
Obrigado por tudo. Amo você, Bailarina. 

Anúncios


No Responses Yet to “oii, Mariana”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: