sobre os ventos

05abr16

fazia tanto calor nessa cidade
que parecia que os ventos estavam de greve,
ou que pelo menos tinham brigado com alguém

não que isso fizesse tanto sentido,
já que os bons ventos sempre me levaram
pra lugares que eu nem imaginava. 

então achei que era melhor tirar todas as dúvidas de uma vez

conversei com o tempo
na brisa fria de quando a noite chega

e me falaram o que na verdade eu já sabia
pensando bem, eu até tinha certeza

o vento tava apaixonado,
pela forma como dança o seu cabelo quando ele passa ao seu redor
eu não poderia culpá-lo
já que sei exatamente o que ele sente. 

então já que você não vinha,
ele foi dançar com você por aí. 
pra contar no seu ouvido coisas sobre saudades e amor
que era mais ou menos o que eu queria estar fazendo agora

sendo esse vento seu redor
bagunçando a sua casa e o seu cabelo
me entrelaçando em seus dedos. 

Anúncios


No Responses Yet to “sobre os ventos”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: