Archive for abril, 2016

você sopra o ar fazendo fumacinha de dragão a caneca quente na mão o cachecol ao redor do pescoço e o jeito como você sorri quando o frio te veste tão bem. o tempo para ao seu redor, como em uma fotografia – que aliás, já se tornou minha favorita – e eu preciso dizer […]


O vento vai levar E já já nem importa tanto assim Não vale o sono perdido Não vale a greve de fome. Por regra praticamente divina, As coisas que tanto preocupam São como fumaça entre os dedos. E daqui a pouco você nem sabe mais como contar. Na verdade, pensar tanto assim, Só serve para […]


a vontade de te ver me faz gelar a barriga e me faz sorrir o bastante pra vida toda fiz um acordo com o tempo, para eu não me descuidar, deus sabe o quanto sou esquecido, então que venham outros dois anos. que você venha me abraçar. que eu me apaixone sempre por qualquer tonalidade da sua […]


Estávamos todos em silêncio, Depois de nossas ofensas A gente não sabia lidar com o que sobrou. Éramos como meninos na rua jogando futebol E agora que a bola foi parar na janela da vizinha A gente fica em silêncio. Brincávamos apenas sobre as possibilidades. Agora ninguém tem nada a dizer. Alguns ficam com em […]


Você acorda no ônibus escuro Com o balançar devagar Sua cabeça apoiada no vidro E você tenta reconhecer qualquer lugar. Essa é a sua vida, Uma canção toca na sua cabeça E você queria que ela estivesse aqui. Você fingi dormir, Quando as luzes da cidade riscam seu rosto, Você abraça seus joelhos E lembra […]


Por que sempre viajas tanto? – ela perguntou. Por que sempre viajas tanto? Por que deixa o vento te levar como se fosses borboleta na dança com as folhas? Por que não estás presentes como a poeira dos móveis? Por que viajas tanto? Eu viajo – eu respondo não por querer. Mas por precisar. Viajo […]


sobre os ventos

05abr16

fazia tanto calor nessa cidade que parecia que os ventos estavam de greve, ou que pelo menos tinham brigado com alguém não que isso fizesse tanto sentido, já que os bons ventos sempre me levaram pra lugares que eu nem imaginava.  então achei que era melhor tirar todas as dúvidas de uma vez conversei com […]