Todos os Dias

29jan16

Respira. Devagar.

Puxa pelo nariz

Solta pela boca.

Outra vez.

Agora espreguiça, abre bem os braços

Como se fosse abraçar o mundo!

– E se puder, abrace mesmo – 

Ouve esse silêncio, aproveita um pouco

os barulhos que o silêncio faz.

Tenha boas horas de sono,

mesmo se isso significar dormir a tarde inteira.

Veja filmes horríveis, escute músicas bregas,

não reclame do calor, não reclame da chuva, não reclame do frio,

na verdade, não reclame dessas coisas que você não pode mudar,

o calor e a chuva vão seguir da mesma forma.

Cuide bem dos seus dentes,

pense coisas doces, 

tenha paciência com as coisas,

fale palavrões durante a tarde toda.

Coloque uma camiseta bonita,

veja no youtube as reprises dos programas do didi,

ligue para as pessoas

e goste muito de alguém!

E deixe que alguém goste muito de você,

com direito a horas no telefone

apelidos cafonas, sonhos divididos

e borboletas no estômago.

Esqueça as promessas de ano novo,

porque eles só te deixam mal depois,

porque o mais importante mesmo é lembrar de respirar.

Devagar. 

Anúncios


No Responses Yet to “Todos os Dias”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: