particularmente nosso

21dez15

percebi logo que não era mais o mesmo,
na verdade foi numa tarde,
a saudade passava entre meu dedos
e eu cantarolava seu nome baixinho.

descansava os pés na cadeira da frente
e ouvia o barulho da chuva.

percebi que não tinha medo.
isso fazia parte de uma coisa particularmente minha,
mas que você me tomava como um todo.
que eu era uma junção dos livros que eu lia
com os meus filmes favoritos,
com as músicas que eu ouvia. 

mas, mais do que tudo,
eu era um tanto do que a gente fazia,
da sua voz que acreditava em mim
e do amor que você nem me pedia
mas que eu te entregava devagarinho mesmo assim. 

Anúncios


No Responses Yet to “particularmente nosso”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: