a sua cidade

04dez15

deixa eu morar aqui,
deixa eu fazer parte disso
das suas coisas espalhadas pelo carro
os rostos que te veem todo dia,
se ao menos percebem a sorte…
eu moraria entre suas mãos
na forma como você segura o volante,
ou como observa impaciente até o farol mudar de cor,
enquanto se destaca na fotografia que imagino
entre o céu azul e sua blusa cor de rosa,
seus sapatos, seu cabelo amarrado,
sua cidade do outro lado da janela,
e eu não paro de te olhar,
eu não quero parar,
deixa eu morar aqui,
deixa eu fazer parte disso
das suas coisas espalhadas pelo carro
do abraço que não me deixa ir embora
e do sorriso que me faz todo dia querer voltar.

Anúncios


No Responses Yet to “a sua cidade”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: