entre nossos medos

06out15

riscou o céu em oração

era um pedido para quem não tem qualquer lugar para ficar,

de quando a noite não te convida para dormir

e você vai enlouquecendo calmamente, para não perceber.

que diabos, ela disse entre sorrisos

e entre nossos medos eu quis te ver

quando você me salva de mim e não me vejo aqui

andando entre as paredes da minha cabeça

batendo no vidro como um mosquito querendo fugir.

que diabos, eu repito e te ouço respirar

tenho pensado na sorte danada que tive ao andar contigo

seja no meio da tarde num dia bonito de sol, ou no meio de um temporal assustador

não que você tenha todas as respostas da vida, nem quero nada disso

mas quando você me ouve assim, a gente faz desenhos coloridos

em cima de todas as perguntas mais difíceis

e percebo que posso ser eu, tirando as piores fotos do universo

ou sendo bem chato de vez em quando, posso ser eu

que para você vai servir. 

Anúncios


No Responses Yet to “entre nossos medos”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: