Uma pequena parte (para que todas as coisas infinitas aconteçam)

16jul15

– O que você faria se eu morresse agora?

– É sério isso?

– Ahan.

– Arrumaria outro namorado. 

– Nãooo. Eu tô falando sério!

– Eu também, ué.

– Tá. Mas e antes de arrumar outro namorado?

– Não tem antes. Você morreu, eu pego minha agenda, ligo e pronto. Novo namorado. Nem vai dar tempo de acabar os chocolates da gaveta.

– Besta.

– Tá bom… Vou responder sério…

– Isso!

– Não sei.  Nunca pensei nisso. Acho que eu ficaria bem triste. Ai que merda. Não sei… O que você faria se eu morresse agora?

– Esse não é o ponto.

– E qual é o ponto?

– Morrer. Envelhecer. Ser esquecido.

– Hm. Entendi. Crise de idosinho.

– Não é isso… É só… Você nunca achou que a gente parece meio sem importância para o mundo? É uma droga.

– Por que sem importância?

– Porque as coisas que a gente faz não importam realmente. O universo é um milhão de vezes maior.

– Anjo, olha pra mim. Pensa num deserto.

– Ok.

– Do que é feito o deserto?

– De areia.

– Quanto de areia?

– Areia pra cacete.

– Ok. Agora move um grãozinho de areia. O que você fez?

– Eu… Mudei o deserto?

– Ahan. O deserto jamais vai voltar a ser o mesmo depois que você passou por ele e mudou aquele grão de areia…

– Eu posso mudar o deserto…

– E o universo também. Gosto de pensar que é assim. Que as coisas por menores que soem, são realmente importantes para que todas as coisas grandes e infinitas aconteçam…

– Você é assim.

– Grande? Grande é a sua vó.

– Não, amor, infinita. 

– Obrigada, mas não me interrompa!

– Ok. Continua…

– Só queria dizer que não sei se você vai marcar o mundo todo… Na verdade, mesmo marcando o mundo todo, acho que uma hora a gente sempre acaba esquecido. É inevitável. Mas, se te fizer dormir melhor, o meu mundinho bonito e de músicas legais, você tá sempre balançando. 

– Eita.

– O que?

– Nada. Tô sorrindo só.

– Ótimo. Não morre.

– Não vou morrer.

– Que bom, o chocolate tá acabando.

Anúncios


No Responses Yet to “Uma pequena parte (para que todas as coisas infinitas aconteçam)”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: