daqueles dias

16dez14

o que mais eu podia fazer?
já era um pouco tarde
de um daqueles dias em a gente prefere existir devagar
um vento que entra pela janela
um canal de televisão qualquer
só pra fazer um pouco de barulho.
daqueles dias que a gente se preocupa com o futuro
com nossos planos
e até arrisca pensar em refazer algum deles
algo mais seguro, um dinheiro mais tranquilo
– por favor, quem vive de escrever livros?
e você nem sabe como se faz um filme!
então brinca com alguma ideia que te faça deixar os pés no chão.
e depois de 30 segundos isso perturba.
é, Danilo, você nunca foi bom nisso.
já que alguns minutos depois tem um outro capitulo escrito
de outra história pra contar.
o que mais eu podia fazer?
meu coração te encontra logo depois
e eu falava que sempre tem sido sobre você
mesmo quando é sem querer.
preciso lembrar de te contar sobre o quanto me aquece o peito
quando você diz aquelas coisas sobre acreditar em mim.
acho que devia mesmo saber o quanto é a garota mais incrível do mundo.
e eu sei que isso soa perdido
que raios de texto é esse?
mas acho que tem horas que a gente fica assim
e mesmo nessas horas, não consigo por nenhum segundo
deixar de pensar em você
o que mais eu podia fazer?

Anúncios


No Responses Yet to “daqueles dias”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: