nome dela

11nov14

eu tenho daquelas manias
– absurdamente bobas –
de escrever palavras em qualquer lugar que eu esteja.
eram poemas
de Leminski com incenso
à Fernando em linha reta.
alguns poucos rabiscos meus
e algumas músicas que eu tento cantar.
minhas calças já tiveram letras
(como na música que eu ouvi tempos depois,
que canta sobre escrever nas roupas
tudo que ninguém parecer escutar).
e até hoje o espaço para resolver
as contas de física na apostila
estão todos cheios de poemas.

acho engraçado pensar
que algumas coisas não mudam nunca.
e que talvez, a única diferença dessa mania boba
seja a minha nova palavra favorita,
que na verdade é um nome,
que rabisco por aí
só pra saudades afrouxar um pouco.
é um nome que eu tenho testado,
e olha, fica muito bonito com o meu.
é sútil, como um amor tomando seu lugar
e grandioso, como o abraço da dona desse nome
que eu tenho uma teoria, de que ela tem forças para mudar o mundo.
sem guerras ou medos.
só um abraço apertado, uma mão segurando a minha
fala pra ela, que ela tem feito do meu mundo
um lugar melhor.
seja só com um sorriso, um ‘me liga’
ou com esse nome bonito que sempre sorri dentro de mim.

Anúncios


No Responses Yet to “nome dela”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: