o sol

26out14

todos os meus problemas

todos os meu medos

todas as minha manias estranhas

pulam e se jogam dentro da minha cabeça

se debatem e gritam

e dizem e me enlouquecem

e eu quase, chego ao ponto de nem poder dormir.

e eu digo, que encontrar quem

te aceite assim, aceite toda sua confusão

é um privilégio.

e saber que ela vai estar lá mesmo quando

você mesmo não se aguentar

é uma alegria incomparável.

porque sempre tem dias em que a gente

se perde um pouco

mas, existe as mãos dela

que me puxa de volta

e me lembra que tá tudo bem. 

que, olha só, me liga

que daqui até de madrugada

a gente consegue sorrir o bastante

para fazer valer qualquer dia problemático.

e eu digo para ela não reparar

mas acho que estou me apaixonando

e me parece estranho, 

então acho que eu digo mais umas 4 vezes depois.

e todos os meus problemas e medos

ficam quietinhos dentro da minha cabeça

porque, o mundo todo pode reparar

que agora ela tá sorrindo

e olha só, como até o sol aquece um pouco mais.

Anúncios


No Responses Yet to “o sol”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: