do chamado

14out14

te mandei um sinal,
nem era um convite
era uma intimação.

o sorvete tá na geladeira
e ouvi dizer que essa noite vai ser cheia de estrelas.

então desenhei um mapa
coloquei bandeiras e fiz sinal de fumaça
declarei do que preciso
e afirmo: sem você, nada tem graça.

todos essas tardes chatas
e todas as pessoas que não quero conhecer
desses lugares que não quero ficar
e coisas que não quero fazer.

tô parado no mesmo lugar
na verdade, só mesmo esperando
você vir me salvar.

Anúncios


No Responses Yet to “do chamado”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: