as pessoas que te encontram pela rua

18ago14

eu quero estar nas revistas velhas que você
folheia quando vai no dentista e vira a página
desinteressada, só procurando mesmo alguma coisa
para descansar os olhos.
eu quero mesmo é ser as pessoas que te encontram pela rua
aquelas que nem te conhecem, e – meu deus – elas não sabem
da sorte que têm, ao te encontrarem assim.
eu quero ser a música nova que tocou no rádio
e te fez sorrir, ou o sol que toca devagar a sua pele
enquanto te aquece nas primeiras horas da manhã,
principalmente quando bate aquela preguiça boba e
a vontade mesmo é nem sair da cama.
quero ser seu chocolate favorito,
sua roupa nova, sua meia mais quente, quero
ser seu dia favorito.
eu quero mesmo é ser as pessoas que te encontram pela rua
quero ser todas elas, para roubar todos os olhares distraídos,
e sentir a todo instante a alegria de te encontrar pela primeira vez.
quero te encontrar em alguma tarde, sem nada para fazer
e pouco a pouco, quero ter toda a sua atenção.

Anúncios


No Responses Yet to “as pessoas que te encontram pela rua”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: