Archive for agosto, 2014

se for chuva

28ago14

se for pra ir embora,vá de uma vez!não é por malmas digo isso sem nem pensar.sou horrível com despedidase beijos de tchau. se for pra voltarnão se demore, por favoreu nem queria que você fossee isso não sobre promessas ou planosé só sobre amor se for chuvaque molhe a gente inteironem quero capaou telhadoquero bagunçae […]


anotações

25ago14

eu gosto de você. sabe, eu gosto de você pra valer, de verdade. mas você não gosta que eu fale assim, porque isso faz da frase da parte de cima uma mentira. mas eu gosto de você pra cacete e acho importante te dizer. acho importante te contar que por aqui vou tropeçando. e mordendo meu celular […]


24ago14

Oi, Deus. Saco, eu nunca sei como começar isso. E me desculpa mesmo por colocar ‘saco’ no começo da frase. Eu não sou bom com essas coisas, você sabe. Mas você também sabe daquela minha teoria de que as pessoas mais falantes são as mais chatas. Então, pelo menos contigo, eu tento ficar quieto na […]


estranhos

21ago14

– um rabisco que eu preciso lembrar de reescrever daqui um tempo. (ônibus. A câmera está só nela. Ela chora. O ônibus está parado, algumas pessoas entram. Ele vem do fundo do ônibus) ele: eu estava lá atrás te olhando e, desculpa chegar assim, mas você está chorando… ela: (sem olhar pra ele) cacete, você tem uma ótima […]


acontecem. sabe? os dias ruins, eles acontecem. e acontecem por qualquer coisa. você pode ter perdido o emprego ou raspado seu carro no portão. tanto faz. qualquer coisa serve para começar um dia ruim.e eu não sei das respostas, ou o que te dizer quando a vida não estiver boa. sei dos dias fáceis, quero […]


eu quero estar nas revistas velhas que vocêfolheia quando vai no dentista e vira a páginadesinteressada, só procurando mesmo alguma coisapara descansar os olhos.eu quero mesmo é ser as pessoas que te encontram pela ruaaquelas que nem te conhecem, e – meu deus – elas não sabemda sorte que têm, ao te encontrarem assim. eu […]


uma semana

15ago14

se eu vou te ver daqui 1 semana hoje mesmo eu já começo a sorrir, crio um calendário em minha cabeça e penso em todas as coisas que podem acontecer em 7 dias e, inexplicavelmente, todas elas perdem um pouco da importância, porque agora, eu sorrio por essa semana que falta para eu te ver. […]