ferro e vento

31mar14

veio a noite passada, num balão
com o vento do norte
a chuva gelada
fazia o barulho de um vulcão.

veio veio voando aqui
levou o que eu tinha e não me trouxe paz
deixou essa agonia, o homem do balão
quando foi embora e nem olhou pra trás.

e agora diga, o que vai ser de nós?
se a nossa voz se mistura com o som
prefiro assim
do que não ter o que esperar
mesmo se a gente nunca mais se encontrar,
deixa aqui o que ficou.

foi embora devagar
do mesmo jeito que chegou
das promessas que me fez
só o tempo que passou.

e agora diga, o que vai ser de nós?
se só sobra esse rancor
mas leve o meu amor,
se for para nunca mais voltar.

Anúncios


No Responses Yet to “ferro e vento”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: