Poema sem controle

01dez13

Não éramos mais tão fortes assim,
logo eu –  que tinha tanta coisa pra dizer –
olhei ao meu redor
e percebi que já era hora de ir pra casa.
Soltei seus dedos
e beijei seu rosto,
‘não é engraçado como ele não para de te olhar?’

Meu amor,
dessa vez eu quero andar sozinho,
navios ancorados não encontram paz.
Rabisquei caminhos pra qualquer direção,
você nunca vai perceber
o quanto eu sinto sua falta.

É sempre o mesmo sofá, a mesma hora de dormir
na madrugada eu deixo de existir
e rabisco as sombras da sua janela
quando a cidade acorda,
o sol ilumina a sua sala,
e a fotografias escondem os sorrisos
de um colchão no chão, uma manhã preguiçosa
e outra viagem longa demais.
Não existe nenhum abraço que ocupe o lugar
outros beijos perdem o gosto
e a televisão sem som
insisti em fazer lembrar,
e eu finjo não ouvir.

Meu amor, eu não li o jornal
passava um filme que eu gosto tanto 
e eu não quis correr o risco
de ter notícias sobre você.
Festas de aniversário, metrô e desenhos de giz
um ano inteiro, 
e um lembrete no canto da página
dizendo pra eu lembrar de não aparecer.

A eficácia da sua falta de amor
e a rigidez milimétrica do seu descaso, 
me fez viciar em cada detalhe de seus trejeitos,
coleciono horas
escrevendo sobre cada beijo que eu te dei.
O rasgo da minha garganta
as marcas de unha no meu rosto,
todas as noites em claro
brincando de acender e apagar as luzes
até acontecer outro instante de você resolver chegar.

Não escrevo sobre minha respiração falha,
meus heróis rabiscam poemas e morrem bêbados
todo dia antes de acordar,
então, não venha me contar sobre escolhas.
Meu amor, estivemos sempre quase felizes,
mas nunca o bastante pra ser incondicional.
Eu só preciso ir embora
e tem mesmo que ser agora,
eu sou um erro, um rascunho,
e ele parece te fazer tão bem e ainda não parou de te olhar…

Anúncios


No Responses Yet to “Poema sem controle”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: