Um moço muito bonito estava enforcado no lustre da sala

23out13

Quando as garotas acordaram naquele natal, um moço muito bonito estava enforcado no lustre da sala. Elas diziam não saber nada sobre ele. O papai chamou a polícia e passou o dia na delegacia explicando coisas que nem ele entendia. Daquele dia em diante não tiveram mais natal.  E Lara, a mais nova, chorou baixinho pelo seu amigo imaginário.

Eram em 5 irmãs. A mais velha e mais bonita se chamava Rafaela. E fugiu de casa assim que completou 17 anos. A mochila nos ombros cansados, a poeira nos sapatos e o dedo polegar levantado, pedindo por alguém que a levasse dali. A verdade é que as coisas ficaram difíceis em casa, não existem muitas coisas que uma família possa fazer depois de encontrar um moço bonito enforcado no lustre da sala.

Rafaela coloca um dos braços pra fora do caminhão e brinca de fazer ondas no ar, como se estivesse surfando. O caminhoneiro solta a fumaça do cigarro pela boca e pensa na filha.

– Aonde está indo garota?

– Eu não sei.

– Isso não é bom.

– Não tem problema.

– Seus pais sabem aonde você está?

– Claro.

– Não precisa mentir pra mim.

– …

– Eu tenho uma filha da sua idade. Ela chama Beatriz. É muito bonita.

Rafaela começa chorar. E no mesmo instante, em algum lugar no meio do Canadá, a Larissa acorda. Está de intercâmbio, num país distante aonde ninguém sabe seu nome, ou de onde veio. Na verdade, depois de o moço muito bonito aparecer enforcado no lustre da sala, as coisas ficaram um pouco difíceis na escola. Não que alguém dissesse alguma coisa, todos tinham medo demais. E não que fizesse alguma diferença pra Larissa, ela nunca foi chegada nessa coisa de ter amigos, o que a perturbava mesmo, era o rosto do moço muito bonito que apareceu enforcado no lustre da sala. Pra onde quer que ela olhasse, qualquer outro conhecido que ela procurasse, atrás do espelho, dentro dos olhos das irmãs, nos programas de televisão… Em tudo! Em todos os lugares, ela enxergava o rosto dele.
Nem precisava procurar, lá simplesmente estava o moço muito bonito.
Ela sempre fechava os olhos e fazia uma prece, pedindo pra ele ir embora. Mas ele nunca foi.
Anos mais tarde, quando Larissa subiu no palco para pegar seu Pulitzer, o moço muito bonito estava presente. Em todos os rostos da plateia, ela não sabia ainda, mas daquele dia em diante ela nunca veria mais ninguém. Todos as pessoas seriam ele. Suas irmãs, seus amigos, seu agente, seu namorado. Ela estava fadada a enlouquecer!
Mas, naquele dia do Pulitzer, ela levantou a medalha do prêmio, olhou para todos aqueles rostos iguais e disse: obrigada por ter morrido na minha sala.
De todas as pessoas presentes, a única que entendeu o que estava acontecendo era a Ana, a irmã do meio. Ana já era casada e tinha 3 filhos lindos, o mais novo chamava Felipe. E não por acaso, Felipe era o nome do moço muito bonito que estava enforcado no lustre da sala. Mas essa informação faz parte de todas as coisas que ninguém nunca soube.
Por exemplo, nunca souberam que o moço muito bonito que estava enforcado no lustre da sala adorava sorvete de limão, ou que seu número da sorte era o zero. Que sua cor favorita era a cor da ameixa que ele dizia que não era nem roxo, nem marrom, nem preta. Mas uma mistura. Que ele adorava café puro e que quando menino perdeu os três dentes da frente jogando bola. Existe uma lista infinita de peculiaridades importantíssimas que se perderam. E todo natal a Ana acendia uma vela na janela pra que o moço encontrasse paz, seja lá aonde ele estivesse.

Gabriela foi a primeira a descer as escadas e se deparar com o moço muito bonito enforcado no lustre da sala. Ela nunca mais sorriu.

Anúncios


No Responses Yet to “Um moço muito bonito estava enforcado no lustre da sala”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: