Archive for setembro, 2013

escondida e pequenaseus olhos claros que trajavam minha perdição– e minha nova alegria incondicional. escrevi uma peça sobre ter te conhecido3 atosamor, fúriae o pra sempre.deus me livre ter me apaixonadobato 3 vezes na madeirae rezo pra todo santo que tiver paciênciapra alguém como eu.gosto de ter o domínio dos meus pésmas aceito o descontroleque […]


lixo orgânico

24set13

guardei teu sorriso guardei tua carta guardei a segunda semana de maio. chorei tanto no mês passado que passou uns 300 anos em 30 dias. e eu fiquei sozinho. escrevendo livros que ninguém vai ler assistindo filmes pra acreditar no que não existe. guardei a noite guardei as músicas guardei a saudade que batia de madrugada. existe […]


Suiça

22set13

o mundo mudou três vezes antes de acabar. depois veio um bom vinho, e uma música lenta. acabou em silêncio, aonde o mundo todo tinha uma vontade absurda de dizer qualquer coisa, mas ninguém tinha coragem, então só dávamos as mãos e rezávamos pra que assim fosse o bastante pro amor existir – pelo menos […]


cantiga #1

20set13

vem cá. ou deixa eu me aproximar devagarzinho. fosse sim fosse teu história boa de se contar beijo de mãe no cachorro, na irmã, no passarinho levando longe levando vai ponta cabeça quando dói coração a gente sente de mansinho deixa assim vem pra mim cidade alta chuva horizontal me abraça apertado, fica mais um […]


parece que estamos outra vez na fronteira da neblina baixa comprimindo os vidros, do frio da cor dos seus olhos dessa tempestade desorientada que nos trouxe pra esse rio sem curso ah, como eu queria ter o coração despedaçado! as torres do castelo alcançaram os céus pretensão de um rei que queria ser Deus, nem […]


DANCE OF DAYS

15set13

Depois de ter sido acordado por um lagarto dentro da minha casa – sim, isso é de verdade, a mayzinha me acordou porque um lagarto de uns 3 metros (juro!) tinha entrado na sala e ficamos uns 40 minutos até conseguir tirar ele da sala – resolvi que era hora de me dar por acordado […]