inventei toda uma vida. e nela você estava mais perto. e nossos problemas não te faziam perder o sono.

25ago13

existe uma chance muito pequena de isso acabar bem,
acontece que algumas pessoas
simplesmente vão embora.
e se eu pudesse te dizer alguma coisa
agora
eu te diria pra partir.
trancado no meu quarto
eu tapo os ouvidos
mas os tiros chegam até mim.
os amantes não desistem
mas caem mortos antes do fim da guerra.
mortos e com um sorriso no rosto.
e disso a gente aprende
que tudo depende, do quanto
a gente é bom em perder.
no fim não existe mais sorriso algum
sobra só o que eu escrevi pra você ler
e uma saudade absurda de sua paz.
que acalmava minha loucura
e me fazia querer voltar pra casa.
minha culpa.
desse mundo que não merece nosso mal jeito
ou só não quero mais ser salvo.
mas as ruas não param de gritar o seu nome
e pedir a sua volta.
eu faço de conta sua presença
e te abraço bem forte
pedindo perdão por tudo
e enlouquecendo pra nem pensar no quanto eu preciso de você aqui.

Anúncios


No Responses Yet to “inventei toda uma vida. e nela você estava mais perto. e nossos problemas não te faziam perder o sono.”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: