Archive for agosto, 2013

Léo e Bia

29ago13

‘no centro de um planalto vazio como se fosse em qualquer lugar como se a vida fosse um perigo como se houvesse faca no ar como se fosse urgente e preciso como é preciso desabafar qualquer maneira de amar varia e Léo e Bia souberam amar como se não fosse tão longe Brasília de Belém […]


é uma droga seus olhos não são mais os mesmos e eu não sei como te ver. é gritante estar no mesmo cômodo que você e não te perceber mais feliz. e eu tenho vontade de morrer de arrancar meus olhos só pra não ver aonde isso vai chegar. mas sobra viver. como uma sombra, […]


Hei, Gu!

26ago13

Eu não gosto quando eu penso em dizer alguma coisa, aí eu espero a hora certa pra dizer e o tempo passa e a hora passa e eu perco a chance de falar tudo que eu queria. E isso acontece quase toda semana e geralmente eu deixo pra lá e não acho formas de me […]


existe uma chance muito pequena de isso acabar bem, acontece que algumas pessoas simplesmente vão embora. e se eu pudesse te dizer alguma coisa agora eu te diria pra partir. trancado no meu quarto eu tapo os ouvidos mas os tiros chegam até mim. os amantes não desistem mas caem mortos antes do fim da […]


não tem problema algum, do verão ficou em nossa pele as marcas do sol quando chovia todo fim de tarde e você colocava seus discos pra tocar stones e suas flores mortas, me abraça, por favor, me abraça agora pensei que fosse demora, mas você tinha mesmo é esquecido meu nome. então peguei outra vez […]


Deixa queimar

19ago13

…Outra noite acordada. Fingindo dormir enquanto você se levanta pra ir embora. Ouço seus passos cuidadosos no meu carpete, sinto nos meus olhos fechados a luz fraca do seu celular tentando achar o trinco da minha porta. Daqui eu consigo ouvir seu celular vibrar e quase consigo ver o nome dela escrito e aquele seu […]


Tango #1

14ago13

a briga já começa perdida.  não somos mais os mesmos garotos. e já não temos mais medo de nada, brigamos por tudo, menos por amor. eu não sei mais ser aquele menino que sorria tanto ao te ver. a cidade é bacana, na noite as pessoas são legais, eu me perco no caminho pra casa […]