Eu queria poder deixar de ser quem eu sou, pra ser qualquer coisa no seu bolso

26jul13

Oh, acho importante dizer
estamos afundando, meu bem.
Cada vez mais embaixo
e cada vez mais eu só quero não te ver.
Descendo em outra cidade
a bolsa pesada e os olhos cheios
quando foi a última vez que você sorriu?
Acho que é tudo uma questão de não ter o que esperar.
Somos uma decepção
sempre estragando a melhor parte da festa.
I’m going back to 505.
E seus lábios são tão frios
essa é a terceira música que eu te vejo dançar
e eu odeio o cheiro de cigarro das minhas roupas.
Agora você está bêbada e eles te olham dançar
você tira o cabelo dos olhos
e eles estão ficando malucos.
E se você contasse sobre essa vontade absurda de me ligar?
Outra vez eu volto rastejando aos seus pés,
mas não sou nada, 
você coloca as mãos no bolso
e passa depressa ao meu redor.
Eu achei mesmo que você fosse ficar,
quem sabe se eu pedisse? Quem sabe se eu pedisse outra vez?
As frases fazem parte dos dias que você quer esquecer
e as nossas conversas ainda te fazem dormir melhor.
E se, isso é só uma ideia
e se você não quiser realmente me esquecer?
Oh, acho importante dizer
estamos afundando, meu bem.
Eu sei que já é tarde,
mas essa noite eu precisava saber se você ainda pensa em mim.

Anúncios


One Response to “Eu queria poder deixar de ser quem eu sou, pra ser qualquer coisa no seu bolso”

  1. “Eu queria poder deixar de ser quem eu sou, pra ser qualquer coisa no seu bolso.” Menino, controle a beleza de suas palavras.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: