quase te vejo

23jul13

eu queria que o inverno não terminasse.

se fosse apenas pra não me sentir sozinho, qualquer pessoa serviria. apenas pra me prender em outros dedos e fingir estar tudo bem. mas eu não sei mais conviver com a minha cabeça quando isso acontece. eu não consigo mais mentir pra mim mesmo. então eu procuro seu rosto pelas ruas e quase te vejo através da minha janela. como uma música na minha cabeça, incessante, infinita. eu estendo os braços tentando te tocar.

e tudo que eu posso lembrar, se confunde com  o que eu queria que fosse. se eu fosse bom com sorrisos, faria de tudo pra te segurar comigo. mas agora eu só quero que o tempo passe. quantas noites mais eu vou ficar sem dormir, até ter você aqui?

Anúncios


No Responses Yet to “quase te vejo”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: