Archive for janeiro, 2013

A visita

31jan13

Vou lhe fazer uma visita Mas não fique assim, aflita Que eu não sou de reparar Não precisa de banquete Nem preocupe com enfeite Não me vá empetecar E os velhos discos de bolero Tô levando pois eu quero Lhe ensinar como dançar E dizer-lhe ao pé do ouvido Com um tom meio atrevido: “Dois […]


eu não queria falar mais nada, porque sempre quando eu começo a falar, em algum momento, vai sair alguma bobagem e eu vou me sentir um grande idiota. mas eu falei. porque eu também não sei ficar quieto. porque é muito dificil saber da sua existência nesse mundo gigante e não querer contar pra todo […]


como ela sorria

27jan13

ela disse que não teria problema algum. pelo contrário, eu deveria ligar e tinha que ser antes da quinta-feira porque sexta ela vai viajar, algum lugar como rússia ou sul da bahia. bem, não lembro muito bem, não faz muita diferença agora. o importante é que eu liguei e o pai dela atendeu ele é […]


‘que saudade agora me aguardem chegaram as tardes de sol a pino pelas ruas, flores e amigos me encontram vestindo meu melhor sorriso eu passei um tempo andando no escuro procurando não achar as respostas eu era a causa e a saída de tudo e eu cavei como um túnel meu caminho de volta me […]


clarice (pt 1)

23jan13

CARLOS. Certeza que ele é viado. Não gosto de usar essa palavra.  Mas ele é. Eu nunca contei, mas no começo do ano eu peguei um caminho diferente pra ir na quadra e vi ele num canto, com o Júlio. – aquele loiro bonitinho do segundo ano. que joga basquete e deu um fora na […]


mesmo mês

21jan13

parece que as noites tem ficado mais curtas e as nossas horas de sono um pouco repetidas. parece que eu fiquei um longo tempo procurando por coisas que nem existiam e esqueci de abraçar o que estava aqui do meu lado. parece que é tão dificil pelo menos olhando daqui, mas eu pago pra ver […]


esconderijo

17jan13

‘procuro a solidão como o ar procura o chão como a chuva só desmancha pensamento sem razão procuro esconderijo encontro um novo abrigo como a arte do seu jeito e tudo faz sentido calma pra contar nos dedos beijo pra ficar aqui teto para desabar você para construir’               […]