blá

21out12

escrevi uma ou duas coisas,
pra você ler, menina.
sobre a terra, o céu e o luar
sobre o medo de não saber como continuar
sobre a constituição, e a força do seu olhar
sobre abrigo, meus livros e nosso jeito estranho de tentar amar.

a terra toda que treme quando te vejo passar,
o céu azul, azul do seu sorriso,
azul céu do mar
conspirando planos mirabolantes,
tropeçando meus pés em você
me fazendo apaixonar, como se ama uma noite bonita, de luar.

logo depois falei sobre como me perdi,
e sobre como me encontrei e me perdi de novo em seguida
e me encontrei e depois me perdi outra vez e depois te encontrei.
e te encontrar foi algo como não saber o que fazer,
com tudo aquilo que você me trazia de bom,
é como não saber explicar essa paz que existe quando me perco no seu olhar.
então eu fiz altos brados sobre as leis do homem
e me declarei culpado, por ter tentado roubar todos os seus sorrisos,
pois não quero dividir, 
quero mais anos, pra ser justo morar na sua estante.

e depois falei sobre amor.
sobre nossa falta de lógica.
e me perder e abrir os abraços pra tentar te abraçar.
sobre nossas diferenças.
sobre o quanto tudo isso parece uma péssima ideia.
mas que tá tudo bem, tudo certo
minhas boas ideias sempre deram tão errado
que talvez por ser loucura é que você me faça sorrir tanto.

então terminei dizendo, que tinha escrito uma ou duas coisas,
que ia deixar por aí, pra você ler, menina.

Anúncios


No Responses Yet to “blá”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: