Archive for outubro, 2012

‘ou ao menos não me deixa aqui feito flor triste… não me deixa aqui se sei que não vens…’                                                                         […]


Lynch 1

29out12

Lynch acende um cigarro. Pessoas com cabeça de coelhos andam ao nosso redor. Ele me encara. Um bloco de folhas descansa em suas pernas. Com umas das mãos ele desenha, com a outra ele segura o cigarro. Não fala nada. Me estuda. Faço parte do seu novo roteiro. Pergunta dos meus pesadelos. Me questiona sobre […]


28out12

existem relatos que, se abrirmos nosso coração a eles, vão nos ferir muito profundamente            (neil gaiman)


tolice ficar mais tempo aqui o céu está mais quieto e as marcas da tempestade machucaram demais deve existir um lugar mais calmo e eu não tenho mais nada a ver com essa dor eu pulei entre as estrelas e elas apagaram com meus passos dissemos tantas besteiras por medo de não ter coragem deve […]


oh life

24out12

de tudo que já me aconteceu nesse ano. desde o pior aniversário da minha vida até visitas ao hospital psiquiátrico. essa é a primeira vez, que eu não sei o que fazer. então eu chorei. ‘comerciais de cigarro na Tv’ já adianta um pedido de desculpas por qualquer inconveniência que possa acontecer. e agora só […]


eu não tenho mais nada pra falar. tô aqui vivendo, tentando juntar coragem. às vezes eu te vejo às vezes eu me encontro e não por acaso, isso tudo só acontece ao mesmo tempo. como quando a gente acorda cedo e descobre que tem mais um tempinho, que dá pra voltar pra aquele sonho bonito […]


blá

21out12

escrevi uma ou duas coisas, pra você ler, menina. sobre a terra, o céu e o luar sobre o medo de não saber como continuar sobre a constituição, e a força do seu olhar sobre abrigo, meus livros e nosso jeito estranho de tentar amar. a terra toda que treme quando te vejo passar, o […]