Me deixa

24maio12

“Pode avisar, pode avisar
Invente uma doença que me
Deixe em casa pra sonhar
Um novo enredo outro dia de folia
Eu ia explodir, eu ia explodir
Mas eles não vão ver os meus pedaços por aí
Me deixa que hoje eu to de bobeira
Me deixa que hoje eu tô de bobeira!

Hoje eu desafio o mundo
Sem sair da minha casa
Hoje eu sou um homem mais sincero
E mais justo comigo
Podem os homens vir que
Não vão me abalar
Os cães farejam o medo,
Logo não vão me encontrar
Não se trata de coragem
meus olhos estão distantes
Me camuflam na paisagem
Dando um tempo
Pra cantar

Me deixa, que hoje eu tô de
Bobeira, bobeira
Me deixa, que hoje eu tô de
Bobeira, bobeira”

(chicas, cantando o rappa)

 

oii.
meu irmão não gosta dessa versão da música, mas ele nunca fez teatro com ela.
sério, essa versão é absurdamente arrepiante, e foi feita pra ser ouvida em auto volume.
então, põe as caixinhas pra distorcer, que vale a pena.

ontem eu tive um dia incrível, amanhã vou ter de novo.
sábado eu conto tudo.

força. 

Anúncios


No Responses Yet to “Me deixa”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: