Carnaval (pt 1)

17fev12

Então era carnaval.
Mas não pra mim.
Meus olhos se fechavam a cada batida de tambor.
E eu queria estar em qualquer lugar, menos ali.

Espera, não, posso começar um pouco antes disso…
Dali de cima eu via a cidade toda.
Eu te via passar sem precisar encontrar teus olhares de reprovação.
Era outro noite qualquer.
Um copo, um desafeto do outro lado da rua.
E a gente só torce pra que o mundo acabe esse ano mesmo, porque se passar disso eu tô na merda.

Essa minha história.
Premiadas de noites sem dormir – pensando no seu sorriso.
E onde acaba? Nunca vou saber.
Acho que nem acaba. A gente só anda pra qualquer lado rezando pra que a vida valha a pena.

Enfim.
Era carnaval…
Ela chegou me olhando, tinha olhar de puta.
Me ofereceu amor.
Disse que era barato.
– Baby, eu respondi – amor, nunca é barato.

Anúncios


No Responses Yet to “Carnaval (pt 1)”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: