LUZES

22dez11

As luzes tampavam meus olhos.

E de longe eu não podia te ver.

Seu rosto era tão familiar.

E eu queria passar o resto da minha vida te olhando.

Mas as luzes não deixavam.

E acho que eu nem sabia seu nome.

A música não parava de tocar.

E as lembranças não paravam de me chamar.

Apesar de tudo, tudo estava bem.

Você conseguiu sumir antes da noite acabar.

E eu corri em sua direção.

Só pra ter mais um sorriso, ou uma frase qualquer.

Porque enquanto as luzes me deixavam cego.

Eu entendi que se pudesse, eu moraria no seu sorriso.

Se você deixasse.

Se você me pedisse.

Eu queria ficar.

Porque você fica linda naquele vestido. 

Eu queria ficar.

Se você me pedisse.

Porque você fica realmente linda quando me olha daquele jeito.

E escreve com os lábios, me pedindo pra sumir.

Ou, talvez, fossem só as luzes.

E eu nem lembro mais o seu nome.

Mas você fica linda de vestido.

Anúncios


No Responses Yet to “LUZES”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: