01set11

Então ela disse que se ontem choveu, era agosto não querendo partir. Mas sempre parte, ai está setembro pra provar que ela estava errada. E vem cheio de promessas. Setembro com gostinho de ano-novo.
Ela estava errada. Isso era quase sempre certo. Ela errou quando disse que seria melhor e errou quando disse que já era tarde. Na verdade, era tão cedo. E a vontade era mesmo de dar um beijo, no pescoço, no rosto, nos lábios, no coração.
Depois ela partiu como agosto, deixando aquela tempestade no último dia. E tava tudo bem. Ela errou quando disse que não faria diferença. Porque de vez em quando vem a saudade, pra abraçar o travesseiro como se fosse seu amor.

Anúncios


One Response to “”

  1. 1 Bih

    Li umas três vezes e ainda não sei o que comentar.

    “Porque de vez em quando vem a saudade, pra abraçar o travesseiro como se fosse seu amor.”
    Acho que isso basta.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: