(ignore II)

25jan11

Ontem eu chorei. Deitei na cama, fechei os olhos e chorei. Não de tristeza. Por nenhum motivo eu acho. Só chorei.
É ruim admitir.

Mas é bom, sabe. Chorei por todas as coisas eu acho. Pelos momentos bons, pelos ruins, pelos dias que talvez não voltem, por tudo que eu sei que esta por vir.
Tente fechar os olhos agora e fazer um balanço geral da sua vida. Conte e guarde aquelas coisas boas, que você quer deixar no lugar mais alto da estante. Mas lembre também de tudo de ruim, das lágrimas, das perdas. É a vida. Pode tentar disfarçar, mas ela vai bater na sua porta. E por mais preto e branco que tudo esteja, ninguém vai te esperar se levantar, você sabe disso, você já passou por isso. E levantar e erguer a cabeça e sair por ai enfrentar o mundo, meus Deus, não é fácil mesmo! Então, se lembra de todas as vezes que precisou fazer isso e olha, quanta volta o mundo dá. Existiam bilhões e bilhões de possibilidades para tudo acontecer e você tá ai, agora, assim.
Pense no que você se orgulha. O que você fez de mais bonito. Não precisa ser muita coisa, outro dia eu me orgulhei por conseguir mudar o fundo do meu tumblr.

Ontei eu chorei, por lembrar que você me quer também. Isso vai soar como a indireta do século. Mas é. Por que só explicações as vezes não bastam. Chorei por lembrar que é culpa minha. Sua. Por lembrar de tudo aquilo que você sempre vai ser pra mim. E talvez, agora, não queira ser mais nada.

Por fim, lembrei que a vida é uma coisa engraçada. Uma besteira, história mal-contada. E que vai acontecer, não dá pra evitar. Mas a gente escolhe sabe. A gente sempre pode escolher. E então eu entendi, que não importa o que aconteça daqui pra frente, eu vou abrir os abraços e deixar a vida acontecer. A gente tem que aceitar o que estiver por vir. E talvez chorar, talvez gritar, talvez sorrir. Pensei antes que não fizesse diferença, afinal, tudo vai continuar na mesma. Mas agora eu sei, que é exatamente o modo como você encara as coisas, que faz toda diferença. E sorrir e fingir que tá tudo bem, vai te arrastar eternamente, até você não aguentar mais. Então, se for sincero, admitir o quanto dói e erguer a cabeça, aos poucos o mundo volta a ter umas duas ou três cores.
Ontem eu chorei. Lembrei. Perdi. Esqueci. Escrevi. Cantei. Corri. Morri. Amei.
Eu sei, você também.

Anúncios


One Response to “(ignore II)”

  1. 1 soalgumasletras

    Não ignore de novo.
    Ontem eu chorei. Lembrei. Perdi. Esqueci. Escrevi. Cantei. Corri. Morri. Amei.
    Eu sei, você também. (porra)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: