(Ignore)

24jan11

Você lembra não é?
Como se fosse impossível esquecer, sei bem como é. Não dormir. A noite vem e vai, você pode contar os minutos nos dedos. E pede pra conseguir dormir um pouco, você reza, você chora e no fundo só quer dormir um pouco, porque dormindo você se impede de pensar.
Mas não consegue, eu sei bem. Você abraça o travesseiro, passa as mãos pelo rosto e se pergunta o que que tá acontecendo, não era pra ser assim! Tá tão complicado! Se alguém pudesse decidir por você quem sabe, essa é uma decisão que você não quer precisar tomar.
Mas a noite corre, você chora ao pensar, você sorri ao lembrar. É, talvez as coisas não estivessem fáceis, mas era bom, não é? O sorriso, os abraços, as brincadeiras. Eu admito que ainda tenho medo. É normal eu acho, ter medo de quem a gente gosta, porque do nada a gente encontrou uma pessoa que sabe mais de nós do que nós mesmos. E boa parte do que acontece a seguir é por causa do medo.
Foi outra noite sem dormir. Já conto quase uma semana. 7 dias consecutivos sem não sentir o gosto amargo na boca. Você sabe, eu sei.
Se ainda tiver amor, deixa existir.
Deixa ser feliz.

Anúncios


3 Responses to “(Ignore)”

  1. 1 Suuh

    Oun’*-*

  2. 2 soalgumasletras

    Não ignorem, não mesmo.

  3. 3 Bihh

    ‘Se ainda tiver amor, deixa existir.
    Deixa ser feliz.’

    Não ignorem, não mesmo. +1


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: