Filmes B

25jun10

‘Acordo e você me chuta daqui.
Na sarjeta antes do sol nascer, tiro o dia pra pensar.
O mesmo sentimento de perder e eu nem lembro de jogar.
O seu perfume pelo ar e eu sem voz alguma,
pra poder gritar.
Descubro que é só na minha roupa,
e que na verdade é você inteira na minha roupa.
Você inteira, sem me dar metade,
tomando conta de tudo, até do que pensei que era de verdade.

‘Mais um café então’.
(Saco, pra variar tá frio).
‘Foda-se então’.
É assim que eu aceito, tudo aquilo que você fingi que um dia sentiu.
De novo eu vejo a cidade em chamas,
queimando até os anjos que caem empilhados do céu.
Os únicos que sobrevivem a tudo, é você e eu,
que fico na sua estante, como mais um troféu.

E é tudo de novo como um filme,
a gente senta no escuro do cinema e espera pra começar.
Daí começa, um filme B, que você nem sabe o quer dizer,
e eu de novo, peço pra nunca acabar.

Você diz que precisa ir embora
e eu entendo, que isso precisa ser agora.
Então você vai.
Enfim.
E eu não ligo, pode deixar assim…’

Anúncios


2 Responses to “Filmes B”

  1. 1 soalgumasletras

    “É assim que eu aceito, tudo aquilo que você fingi que um dia sentiu.” Não pode dizer que ela(e) , nao sentiu você estava na pele dele (a) para saber? Você estava com os sentimentos dessa pessoa para ter tanta certeza de que ela só fingiu ?
    As vezes a pessoa nunca quis ir embora, apenas falou para ver se você irria atras .

  2. eu odeio não saber o que dizer/pensar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: