19: e dois

19maio10

É engraçado como realmente fiquei com frio. Agora mesmo, eu sentei pra digitar o que eu senti que precisava escrever e meus dedos gelaram. E nem tá tão frio hoje. Acho que é coisa da minha cabeça, sempre é.
Escrevo no meio da tarde. O céu cinza, aquele mesmo cheiro de chuva, que eu sempre gostei tanto. Na cabeça, as mesmas coisas de sempre. Aqueles teorias sobre a vida e o amor, aqueles versos incompletos de música, aquelas memórias que não voltar.
Agora, eu lembro daquele monte de pergunta que eu tenho, sem você pra dar resposta. Da minha rotina que não mais existe. E, não faz sentido, faz? Fez sentido algum dia? Não é sobre algo em especifico, é sobre tudo. E tudo é sobre você.

Isso é sobre o frio, sobre o inverno a que foi reduzido as nossas vidas. Sobre o vento que vem dar um beijo no seu rosto e te coloca pra dormir (já que eu não possos estar ai). Sobre a chuva que vem molhar o telhado e faz aquele barulhinho bom pra se dormir, mas ao mesmo tempo, apaga nossas pegadas da calçada. O que sempre me deixa em dúvida, porque agora só meu coração pra se perguntar se tudo aquilo foi real. Já que eu nunca vou ter coragem de te questionar.
Te vejo sentada ao meu lado, distante de mim. Abri as gavetas, as portas do guarda-roupa. Mas em todos os armários não havia nada seu guardado e eu descobri que eu não tinha nada pra guardar. Então a saudade veio me visitar a semana inteira, e quando a chuva trouxe domingo longe de você, eu parei de gritar. Suas manias ainda no espelho e o vento com o cheiro do seu perfume. Agora eu entendi o significado de saudade, sobre tudo aquilo que vai doer e não vai passar. O motivo de todo mundo errar tantas vezes, sem se preocupar com o que vai acontecer depois.

Algum acorde no violão, na verdade, eu sei que é daquela nossa música que não toca mais na rádio. Mas, tá tão frio pra pensar em alguma coisa, que agora eu só queria realmente pode dizer qualquer coisa, sobre não precisar mais de você. Mas eu nunca fui bom em mentir. E você, como vai você?

Anúncios


6 Responses to “19: e dois”

  1. ta… ta foda.
    eu te disse que nunca sei o que falar.

    “O que sempre me deixa em dúvida, porque agora só meu coração pra se perguntar se tudo aquilo foi real. Já que eu nunca vou ter coragem de te questionar.”

    tu sabe o que dizer aqui.
    e eu sempre penso demais lendo tudo o que tu escreve.
    e, esse, ta lindo e triste. -t3

    e ja não sei mais o que falar.. enfim.. foda, foda, fóda.

  2. 2 soalgumasletras

    Já disse para você o que eu senti ao ler esse texto ..
    Gostei muito dele ..
    Não usarei o plágio do ” ta lindo ” , ou ” não adianta você dizer que o que você escreve é idiota” .. só vo te dizer que pela primeira vez enxerguei um humano com sentimentos em você …

  3. 3 Bih

    O engraçado é que a cada dia que passa seus textos me dizem mais e, ao mesmo tempo, fica cada vez mais difícil encontrar palavras que traduzam minha opinião sobre eles.

    “Agora eu entendi o significado de saudade, sobre tudo aquilo que vai doer e não vai passar. O motivo de todo mundo errar tantas vezes, sem se preocupar com o que vai acontecer depois.”
    Simplesmente foda!

  4. que m,assa ^^

  5. 5 Biah

    “E, não faz sentido, faz? Fez sentido algum dia? Não é sobre algo em especifico, é sobre tudo. E tudo é sobre você.”

    é oq eu me questiono todos os dias =/

  6. 6 marcela

    awwwwn, para de ser perfeito poxa, as vezes parece que voce nem é real >.<

    e por falar em saudade, nos veremos sábado (:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: